cinema nickelodens13Uma questão pessoal é um filme de coprodução Itália e França de 2017, dirigido pelos irmãos italianos “Tavianis” (Paolo Taviani e Vittorio Taviani) que são conhecidos na Itália pelos seus filmes politizados, como por exemplo: César Deve Morrer (2013) e Bom dia Babilônia (1987). Infelizmente o irmão mais velho Vittorio Taviani, morreu no dia 15 de abril de 2018, o que deve render belas homenagens a este incrível diretor.

O longa se passa no período fascista, onde “Mussolini” tomou conta da velha Itália, Milton (Lucas Marinelli) faz parte de um grupo de resistência antifascista e percorre sua jornada como guerrilheiro para atravessar a região de Langhe, para investigar o paradeiro de sua ex-namorada Fulvia (Valentina Bellè). Uma questão pessoal é um pequeno quadro da segunda guerra mundial, onde retrata uma Itália eclodida e oprimida pelo comando da ditadura.

Filmes com o teor histórico acaba sendo um ótimo material didático em salas de aula, como retrata o estudo de Marcos Napolitano (com seu livro “como usar o cinema na sala de aula”), porém este filme não fala sobre uma história real, mas sim um conto trazido para um período real! Está aí a beleza do filme, tornando a estória totalmente politizada, dando abertura para uma crítica bem apurada neste período da segunda guerra mundial.

Os diretores Tavianis trouxeram para o cinema uma bela crítica social, junto com belas imagens, trazidas por uma fotografia linear ao período histórico. Entretanto, uma questão pessoal não é filme tão fácil de entender, apesar de ser bem produzido e seguir uma direção linda de se ver no cinema Italiano. Minha dica é: assista mais que uma vez e já venha com uma bagagem histórica deste período de Mussolini, a ignorância neste caso, pode afetar o entendimento do filme, já que os diretores trabalham com poucos diálogos e muitas imagens.