cinema nickelodens222

A primeira adaptação do livro foi em 2000, tendo como estrela o cômico ator Jim Carrey, que na época nos causou ataques de gargalhadas com sua interpretação super humorística. Em 1966 o animador Chuck Jones também lançou uma releitura do livro em um curta-metragem. Já o Grinch atual teve o seu lançamento nesta quinta-feira dia 08, dirigido por Yarrow cheney e Scott Mosier.

O filme conta a história do mesquinho Grinch que odeia o Natal e quer tornar todos os “quem” da cidade de quemlândia tão infelizes quanto ele. Ele tenta todos os ardilosos truques que consegue imaginar para roubar qualquer vestígio da data festiva, mas não consegue. Aqui no Brasil o grinch tem classificação indicativa “Livre” o que nos leva a entender que o filme tem um público infantil como foco maior. Esta versão possui menos humor negro, mas não perdeu sua essência de falastrão e solitário cômico.

Os dubladores oficias do filme são: Benedict Cumberbatch que faz o papel do Grinch, o ator é conhecido por interpretar o “Doutor Estranho”. Já o narrador da história é caracterizado pelo rapper Pharrell Williams. No Brasil temos a ilustre presença de “Lázaro Ramos”, que dá vida ao personagem do Grinch, o que nos traz uma certa aceitabilidade. Basta retratar um personagem engraçado com um ator de características cômicas.

O Grinch é uma animação jovial, é um filme para curtir o momento do natal e principalmente é um filme de “descontração”. Infelizmente o filme é um pouco previsível, pois o telespectador já conhece de pé e salteado a história do Grinch que roubou o natal e se arrepende no final das contas. Portanto o filme não é nenhuma novidade. Entretanto esta segunda versão de “o Grinch” transmiti uma premissa emotiva, educacional e engraçada, o que deve render uma boa bilheteria e liderar como favorito da criançada.