estrelas4

A área de VFX (Efeitos visuais) está cada vez maior, os filmes norte-americanos vêm proporcionando diversas oportunidades nesta área. O cinema Hollywoodiano está passando por um período de ‘adaptações’! Transformando famosos contos e desenhos em “live-action”. Mogli – entre dois mundos é a segunda franquia do filme “Mogli – menino lobo (2016) baseado no desenho animado da Disney “Mogli. O longa conta com a direção de Andy Serkis (as aventuras de tintim 2).

A segunda versão do live-action apresenta a mesma história: Mogli (Rohan Chand) que vive com os animais da selva conta com a amizade do urso Baloo (Andy Serkis) e da pantera Bagheera (Christian Bale). Ele é aceito por todos os animais, exceto pelo temido tigre Shere Khan (Benedict Cumberbach). Entretanto quando Mogli se defronta com suas origens humanas, perigos maiores do que a rixa com Shere Khan podem surgir. Porém o filme não é para crianças, Serkis decidiu optar por uma versão mais realistas, abordando; o maltrato com os animais, a convivência da sociedade com os outros seres vivos e principalmente o respeito hierárquico da cadeia alimentar dos animais.

mogli-entre-dois-mundos-netflix.jpg

Talvez seja um filme voltado para adultos, sua crítica social com certeza não é de fácil entendimento para as crianças pequenas. Mas com certeza “Mogli – entre dois mundos” surpreende no seu aspecto visual! O estudo dos movimentos de cada animal e a interação humana com a “animação” exibe uma intensa personalização do real. Entretanto o filme poderia se mostrar mais sensível! Já que por hora decidiu fomentar ideias da natureza e como os animais são tratados, talvez sua presença fílmica deveria ser mais forte na questão da conscientização. Mesmo que não seja um filme voltado para crianças seria bom que cada um pudesse apresentar aos menores este filme, já que existe uma preocupação com a natureza.