images (30)

A profissão mais difícil de trabalhar em uma produção AUDIOVISUAL não é a direção de cena, direção de fotografia e muito menos a direção de arte. Este cargo fica para o “CONTINUÍSTA”! O continuísta é responsável por manter o filme em ordem durante as filmagens e a montagem do projeto, se responsabilizando pela continuidade imagética correta; cenas, falas, sonoplastia e imagens deve seguir a risca a lei da “continuidade, se este casaco estava aqui no plano anterior ele deve continuar aqui no plano seguinte…

vejamos os exemplos a seguir:

images (29)

images (28)

images (27)

images (26)

images (25)

Como podemos observar nas imagens acima, o papel do Continuísta é muito importante não é mesmo?

O continuísta e o espaço-tempo

O continuísta é o cara que deve dominar 100% do roteiro e estar inteiramente envolvido com o diretor, diretor de arte, diretor de fotografia e assim acompanhar todas as etapas de produção; fazendo ‘anotações’ e pontuações. No “espaço-tempo” ele deve agir em alguns “SETORES” como por exemplo a construção imagética do personagem -se o mesmo está com o figurino correto, se a dobra da calça está igual ao plano anterior, se o cabelo está penteado da mesma forma, se o ator está com a mesma barba ou se a atriz está maquiada da mesma maneira e assim por diante…

Também temos que pensar na narração da ELIPSE (quando é trabalhado passado ou futura e têm uma transição para o presente), basicamente o continuísta zela pelo “tempo”, se for proposta do roteiro fazer uma crescente mudança no personagem durante as cenas  o continuísta deve se atentar a esta linha! Ele também deve se comunicar constantemente com o “produtor de objetos”, ter a noção da “durabilidade de cada objeto” pois todos precisam estar iguais!

A importância do “continuísta”

Outro lado que devemos analisar é a continuidade da repetição de detalhes no cenário! é um puta trabalho complexo! Imaginemos uma mega produção… Com vários elementos a ser trabalhados e um único “erro” pode desleixar a sua produção.  Vemos o caso do filme “TITANIC” de James Cameron, o filme teve um orçamento de mais de 500 milhões de dólares e no fim? teve mais de 70 erros de continuidade, tanto que hoje em dia existe vários memes e canais que tiram o sarro do longa.

Mas não é uma tarefa fácil! No filme do TITANIC havia mais de 3 continuísta trabalhando na produção e na pós-produção e mesmo assim os erros foram notáveis. Podemos ver a profissão do “continuísta” principalmente nas telenovelas, já que a novela exibe meses e meses de capítulos é essencial a construção verossímil da imagem.  Portanto o continuísta tem um papel fundamental na transformação da ilusão para o real. Não sejamos aquele “cara chato” que fica vendo os filmes só para falar -ele não estava assim no plano anterior ou ele não estava com essa camisa (a menos que isso seja escrachado),  o cinema é pura ilusão! Temos que entender que sua montagem não é simples e acaba exigindo uma complexidade assertiva no projeto, nada é fácil.