colônia dignidadestrelas3

Como dizia o professor Marcos Napolitano – É necessário transformar a exibição de filmes na sala de aula em um recurso rico, lúdico e extremamente sedutor (livro “como usar o cinema em sala de aula”). Ele faz referência diretamente ao conteúdo “histórico” que os filmes são capazes de TRAZER. E com certeza, o filme Amor e revolução (colônia) traz uma bagagem histórica importantíssima para o Chile. O longa é dirigido por Florian Gallenberger e é protagonizado por Emma Watson e Daniel Brühl.

 O filme conta a história de um jovem casal que se envolve no golpe de Estado do Chile em 1973. O jovem Daniel é sequestrado pela polícia secreta de Pinochet e sua namorada Lena vai seguir a pista até uma área no sul do país chamado Colonia Dignidad. O filme retrata a figura do pregador e paramédico alemão Paul Schäfer, que deu início a colônia em 1961, logo após este período a ‘colônia’ desenvolveu uma indústria agrícola, onde tinha escola, hospital, área jurídica, casas e igrejas, o lugar também servia de abrigo para imigrantes alemães. Paul Schäfer fazia da colônia seu ‘paraíso pessoal’ onde havia muitos estupros, torturas, opressão feminina e principalmente uma seita extremista de teor religioso.

 Amor e revolução (2015) foi um marco histórico para o Chile, além de motivar o país a se interessar novamente pela incapacidade do governo de conter a colônia dignidad naquela época. O diretor Florian Gallenberger demorou 5 anos somente para coletar dados e informações para a produção do longa, podemos observar um filme bastante dedicado, que realizou uma pesquisa de campo a fundo.

Já Emma Watson não deixa a desejar, apesar de ser um filme ‘baseado em fatos reais’ a atriz conduz tensão o suficiente para entendermos a agonia da personagem. Outro fato interessante é a participação do recém falecido Michael Nyqvist (2017) interpretando o líder religioso ‘Paul Schäfer’ e como sempre o ator atuou de forma esplendida! Sua experiência dramaturga deu vida novamente ao líder Paul Schäfer (2010). Amor e revolução estreou na Netflix no dia 01 de janeiro e é uma ótima opção para aprender sobre este estorvo que foi a ‘colônia Dignidad’ na vida dos Chilenos durante tantos anos.

Confira abaixo algumas fotos originais da “Colônia Dignidad” (fonte de fotos BBC).