https://cinemanickelodeons.files.wordpress.com/2019/01/homem-aranha-no-aranhaverso.jpg

Finalmente estreou ‘Homem-Aranha no aranhaverso’ nos cinemas, o vencedor do Globo de ouro (melhor animação) promete detonar nas bilheterias! O filme é dirigido curiosamente por 3 diretores; Bob Persichetti, Peter Ramsey e Rodney Rothman e debaixo dessa hierarquia existem também centenas e mais centenas de profissionais que trabalharam duro para realizar esta ‘animação’ tão bem-feita!

Homem-Aranha no aranhaverso’ é baseado nas histórias em quadrinhos do personagem Miles Morales/Homem-Aranha da Marvel Comics. E traz a história de 5 homens aranha distintos, que através de uma quebra na dimensão, acabam se encontrando. Por mais que hajam fãs que não gostam tanto do universo do ‘aranhaverso’ é inevitável não curtir esta versão! Tal nível de qualidade chega a ser espantoso.

O filme foi apresentado nas cenas pós-créditos de ‘Venom’ (2018) e tivemos a oportunidade de observar o nível de qualidade gráfica proposto em cena. Não há muito o que dizer sobre Homem-Aranha no aranhaverso, pois seu estrelato foi vazado bem antes de sua estreia, também venhamos e convenhamos neh? Não há como esconder um DIAMANTE dentro de uma jaula transparente e ninguém o ver.

https://cinemanickelodeons.files.wordpress.com/2019/01/homem-aranha-no-aranhaverso22.jpeg

O longa é um rio de homenagens, começando pelos personagens que são uma referência direta a outras animações, também temos a última participação de Stan Lee como dublador de si mesmo e como ‘produtor executivo’ do filme. Homem-Aranha no aranhaverso é um ponto positivo para MARVEL e principalmente para SONY PICTURES distribuidora do longa. Outro ponto fundamental é a incrível trilha sonora que o compositor Daniel Pemberton criou para o filme, algo realmente surreal! Ele construiu um ‘SCORE’ (Música original) bem pop e bem Black-music, o que define totalmente o personagem principal – Miles Morales (Shameik Moore). Como dizia o compositor musical John williams ao George Lucas em Star Wars, posso criar um SCORE para cada personagem e assim trabalhar o ‘psicológico’ de cada personagem através destas músicas. Essa é a essência de uma boa trilha sonora!

Portanto, não há o que contestar ou criticar, Homem-Aranha no aranhaverso até o momento é o melhor filme do ano, simplesmente beira a perfeição, traz consigo o triple imagético (boa direção de cena, boa direção de arte e boa direção de fotografia). E Com certeza vale a pena assistir, duas vezes ou mais, este filme mostra para todos que qualquer um pode ser o Homem-Aranha; seja negro, asiático, branco, deficiente e etc… Está premissa é realmente muito forte!

ATENÇÃO: a cena pós-créditos é bem no final! Não perca!