climax

Estreou recentemente nos cinemas brasileiros o filme ‘CLIMAX’, projeto elaborado pelo polêmico diretor argentino Gaspar Nóe (Love e Irreversível), conhecido pela sua excentricidade em retratar o sexo e a violência ele traz para este filme uma crítica contra o cinema comercial e uma análise aprofundada da psique humana.

CLIMAX é baseado em uma história real que se passou em 1996 na França.  Um grupo de jovens dançarinos são selecionados a dedo para participar de uma competição de dança, chegando ao último dia de ensaio eles resolvem fazer uma festa de comemoração, porém coisas estranhas acontecem e eles notam a atmosfera mudando e percebem que foram drogados quando uma estranha loucura toma conta deles. Sem saberem o porquê ou por quem, os jovens mergulham em um turbilhão de paranoia e psicose.

Confira abaixo os 4 maiores motivos para assistir o filme CLIMAX:

1º Crítica ao cinema comercial

5c51f7ca20000062016bbf3eEm diversas entrevistas Gaspar Nóe afirma que seu longa não poderia ser feito por Alemães e muito menos pelos americanos, pois ele retrata o auge do cinema real e é baseado nos filmes da década de  70. Em uma das cenas do filme aparece a seguinte frase –Orgulho de ser francês! O que significa essa frase? O que o diretor quis dizer com isso? Simples! O filme foi produzido inteiramente pelo cinema francês; dinheiro francês, atores franceses e principalmente uma equipe de filmagem francesa!  Com certeza o diretor Gaspar Nóe não segue a risca a comercialização do cinema americano, seus filmes sempre são baseados em muito sexo e muita violência. É como diz o diretor dinamarquês Lars von Trier –O cinema foi feito para incomodar! Enfim, ou você ama o cinema de Gaspar Nóe ou odeia.

2º A maior parte do elenco é composto por dançarinos urbanos

3185870.jpg-r_640_360-f_jpg-q_x-xxyxx

‘CLIMAX’ é inteiramente produzido por danças e a sensualidade dos movimentos, sua arte é espontânea e não é todo dia que vemos ‘dançarinos’ com tanta qualidade! O diretor Gaspar Nóe simplesmente saiu pelos mais badalados bares da França para escolher cada dançarino. Ou seja…. Não há o que contestar na interpretação de cada dançarino.

Também temos a participação especial da atriz Sofia Boutella (Ex-dançarina da Madonna) linda, encantadora, sensual e sexy! Era tudo que o diretor Gaspar Nóe precisava para interpretar o papel principal deste filme.

3º A psique humana é retratada em seu auge

capa48

O que diria Freud se visse a PSICANÁLISE no mais alto apogeu do cinema francês? ‘CLIMAX’ traz para os cinemas o uso exacerbado de alucinógenos e bebidas! Porém, este não é o foco do filme, em algumas cenas podemos ver alguns personagens que não beberam nada e mesmo assim são levados a loucura, como se fosse uma reação em cadeia.

O tempo todo danças mirabolantes e sensuais dominam o conflito do filme, mesmo com várias tragédias no local as pessoas continuam dançando e se embebedando sem parar! É um show de nostalgia e uma festa bem psicodélica. Em muitos planos o telespectador fica minutos e mais minutos vendo a dramatização de cada personagem.

4º Os planos sequências e a câmera flutuante é o que mais chama atenção

O tempo todo o diretor Gaspar Nóe utiliza a câmera ‘subjetiva’ para acompanhar os personagens, sua câmera tem vida própria! Ela sempre segue o personagem que está com o clima mais ‘TENSO’. A melhor parte é que a câmera parece que flutua entre o salão psicodélico. a sobreposição dos objetos em cena são fundamentais para esta construção.

Também temos a participação de vários planos sequência envolvendo as danças mais longas e seus movimentos lapidados. São rápidos! Eficazes! Sublimes! O diretor utiliza bastante o plongée para construir suas cenas (Aliás são pouquíssimas cenas, o filme inteiro se passa dentro de um ESTABELECIMENTO).

Portanto, ‘CLIMAX’ é uma aventura que viaja pela arte da dança e pela condição de loucura do ápice humano! Seu teor PSICODÉLICO nos faz refletir sobre a sexualidade, alucinógenos, psique humana e o retrato real do ser humano.

CLIMAX está em cartaz em cartaz desde o dia 31 de Janeiro.