https://cinemanickelodeons.files.wordpress.com/2019/03/a-caminho-de-casa.jpg

estrelas3

Bruce W. Cameron é um  escritor americano, colunista e humorista. Criador de livros como  “ Quatro vidas de um cachorro” (Que virou filme em 2017) e sua sequência “A Dog’s Journey”. O escritor é conhecido por ser SUPER SENSÍVEL por sempre retratar a vida de um cão. “A Caminho de casa”  é uma adaptação de seu livro  “A Dog’s Way Home” (2017), que também não deixa muito a desejar, mesmo que o filme peque em alguns conceitos. O longa é dirigido por  Charles Martin Smith ( bud – o cão amigo) e é protagonizado por  Jonah Hauer-King e Ashley Judd.

Sinopse original: Bella é uma cadelinha especial que vive com Lucas (Jonah Hauer-King), um estudante de medicina veterinária que trabalha como voluntário em um hospital local. Um dia ela é encontrada pelo Controle de Animais na rua e acaba sendo levada para um abrigo a 400 milhas de distância de seu dono. No entanto, Bella, uma cachorra extremamente leal e corajosa, decide iniciar sozinha uma longa jornada de volta para a casa, emocionando a todos que cruzam o seu caminho.

https://cinemanickelodeons.files.wordpress.com/2019/03/a-caminho-de-casa-3.jpg

A história do filme é contada através de um ‘narrador’ que por sua vez é a própria protagonista -A cachorrinha Bela! (Com voz da atriz Bryce Dallas Howard), apesar do filme ser um pouco ‘PREVISÍVEL’ e mal-tratado pela crítica…  Tenho que confessar que durante 1 hora e 36 minutos o filme nos leva para outro mundo! O ser humano é extremamente emotivo, basta colocar um cãozinho tentando voltar para o seu dono e pronto! O choro está formado!

Porém, “A Caminho de casa” apresenta um diálogo muito fraco e não convence em diversas cenas! Eu poderia ficar aqui escrevendo vários percalços deste filme até o fim do texto (Como parte da crítica está fazendo 😦 infelizmente). Mas este longa-metragem não é só uma produção qualquer, ele tem algo a dizer! E isso deve ser RESPEITADO!   O grande sinônimo deste filme é -O amor! O amor de cães para seres humanos e vice-versa.    

“A Caminho de casa” te faz lembrar que o CINEMA tem a capacidade de emocionar e ensinar o ser-humano! Sua sensibilidade irá te fazer chorar o filme inteiro! Este é o tipo de filme que deve ser assistido com a família, filhos, netos, pais e mães e assim por diante! Sua parcela de público alvo se torna bem AMPLA  por causa de suas múltiplas facetas em emocionar as pessoas.