Cinemanickelodeons.com

‘Ingmar Bergman’ nasceu na Suécia em 14 de junho de 1918, década em que o cinema foi alvo de grandes teorias e estudos. Nascia então, um dos homens mais importantes do “cinema mundial”, Bergman! O gênio da filmografia. Nesta análise vamos identificar seus elementos fílmicos  através de seu filme “Morangos Silvestres” (1957), drama sueco dirigido e escrito por Bergman.

Sinopse: Isak Borg (Victor Sjöströn, foi o seu último filme antes de sua morte em 1960) é um professor que está prestes  a receber o prêmio ‘honorário’ da medicina, por todo o seu trabalho desempenhado. Porém, Isak resolve viajar de carro (para a premiação) com sua nora… Começa então, uma viagem ao seu passado também, tendo sonhos e flashbacks de sua infância e adolescência.

Cinem

“’Morangos Silvestres” é o conflito entre a mente humana; passado x futuro, o jovem x idoso e os sonhos x a realidade. Tudo isso é desenvolvido através de um roteiro genial sem escrúpulos e sem cerimônias! O cinema realista trazido de forma direta e objetiva! A história de um idoso sobre a perspectiva de uma sociedade jovem e a mercê dos erros. Ver o personagem principal mergulhar nas histórias de seu passado é maravilhoso!

Tendo este conhecimento, podemos agora  analisar os elementos utilizados por Ingmar Bergman.

Cinemanickelodeons

Os sonhos:

Segundo Bergman os sonhos deveriam vir de forma  SURREALISTA, apresentado com a distorção da imagem natural que estamos acostumados a enxergar através dos nossos olhos.

As lembranças:

Quando somos adultos, tentamos lembrar de algum fato da infância, mas temos somente ‘lembranças’ vagas do ocorrido.  Bergman utiliza desta estratégia para recordar o passado do personagem. Outra questão é os ‘flashbacks’, Bergman coloca o personagem dentro de suas lembranças, trabalhando em dupla com a narração da história.

Drama interno:

Desta forma este roteiro é construído através de um “drama” exposto, apresentando um conteúdo de altíssima qualidade fílmica.

Portanto, “’Morangos Silvestres” é um filme além de seu tempo. Que é maduro e super otimista. Vale ressaltar que esse projeto traz muito da vida pessoal de Bergman.  Valea pena assistir e identificar alguns elementos de Ingmar Bergman.