vJA00zMw.jpeg

istockphoto-1150256378-1024x1024

Estreia nesta quinta-feira (26) a produção nacional ‘Foro íntimo’, dirigido pelo diretor Ricardo Mehedff (Pós graduado em cinema pela George Washington University) e distribuído pela Embaúba Filmes. O longa apresenta uma perspectiva sagaz ao criticar o sistema judiciário brasileiro. 

Divulgação Embaúba Filmes: Inspirado em eventos reais, ‘Foro Íntimo’ navega as turbulentas águas que escondem a sombria situação do Poder Judiciário no Brasil. O filme acompanha 24 horas na vida de um juiz acuado por criminosos e refém do sistema legal.  

SwR8yhdg.jpeg

Nota-se claramente que  Ricardo Mehedff possui diversas referências ao Neo Noir e ao expressionismo alemão, Foro íntimo é um filme inteiramente em P&B, com contrastes pesados e um ar bem enigmático… Tudo isso transforma a trama em um terror psicológico que devasta a mente do personagem principal (O juiz preso  e enclausurado). Algo que me deixou bem surpreso foi a atmosfera do filme (Ou seja, as primeiras cenas), foi apresentado um conjunto de concreto que formou um edifício ou fortaleza…. Já podíamos imaginar o que estaria por vir; um Juiz preso num “sistema penitenciário”, vivendo no maior luxo. 

Outra questão que me atraiu foi a “elipse” utilizada como um flashback retrogrado em alta velocidade. No primeiro momento me senti como se tivesse tomado um choque, não é todo dia que se vê uma Elipse tão criativa. Enfim, apesar das minhas surpresas me decepcionei com o roteiro; senti um buraco muito grande na hora da construção do desenvolvimento e solução do PLOT. O final foi bem básico. 

Observação: ‘Foro íntimo’ possui menos de 1 hora e meia de duração.

Entretanto vale a pena assistir, pois é uma perspectiva interessante a se notar. E por mais estranho que pareça a ANCINE não barrou esse longa-metragem (mesmo tendo teor político). Amém!