rubinato.png

estrelas-amarelas-da-avaliação-de-produto-ilustração-do-vetor-isoladas-no-branco-110507089

Estreia nesta quinta-feira (23) o documentário que narra a vida do maior sambista de São Paulo: “Adoniran – Meu nome é João Rubinato”, o filme é dirigido por; Pedro Serrano, produzido pela Latina Estúdio, Nation filmes e distribuído pela Pandora filmes. 

Sinopse Pandora filmes: Adoniran Barbosa, autor de sucessos como “Trem das Onze” e “Saudosa Maloca”, carrega o título de maior sambista paulista de todos os tempos. A cidade de São Paulo era a personagem principal de suas canções e radionovelas. Através de imagens de arquivos raras e nunca vistas antes, o compositor e cantor paulistano, que faleceu em 1982, é redescoberto pelo público. 

O cinema brasileiro de uns anos para cá vem produzindo muitas cinebiografias de grandes cantores, chegou a vez do sambista paulistano de descendência italiana, Adoniran Barbosa. Pena que se trata de um documentário e não de um longa-metragem histórico, entretanto, o espectador poderá se deliciar ao ver as imagens do centro de São Paulo na década de 30, 40, 50… 

“Adoniran – Meu nome é João Rubinato” se dedica em responder a seguinte pergunta: Quem realmente foi Adoniran Barbosa? E para responder essa questão o documentário viaja pelo centro histórico de São Paulo enquanto mostra entrevistas de grandes nomes, como por exemplo; Os demônios da garoa (Que por muito tempo trabalhou ao lado dele), a própria filha de Adoniran e amigos pessoais do cantor. 

Para quem curti a velha guarda vai gostar muito de relembrar a vida de Adoniran Barbosa, agora para quem não curti tanto…. Vai achar o filme um pouco monótono. 

Observação: Antes do documentário irão exibir o curta-metragem (do mesmo diretor)  “Dá licença de contar”.  Somente em alguns circuitos, no Petra belas artes vai!